Entenda todas as questões que envolvem o Auxílio caminhoneiro, veja como ele é pago, e quem tem direitos.

Não faz muito tempo, os brasileiros viveram dias muito difíceis com a alta dos preços dos combustíveis. Isso afetou diretamente os caminhoneiros.

A maioria dos produtos entregues em nosso país são entregues pelas estradas, dessa forma, a alta dos preços trouxe muita preocupação.

Publicidade - OTZAds

Com a alta no diesel, as viagens ficaram cada vez mais caras, fazendo com que os caminhoneiros tenham mais gastos em suas viagens.

Devido ao risco de uma nova paralisação, o governo federal criou o Auxílio caminhoneiro, tentando diminuir o prejuízo dos profissionais.

Assim, vamos entender como funciona o auxílio, quando o profissional pode receber e quem tem direito ao auxílio.

Qual o valor das parcelas?

Em primeiro lugar, o governo federal acredita que cerca de 900 mil caminhoneiros receberão o auxílio.

O valor das parcelas não cobrirá o prejuízo, essa é a reclamação dos profissionais transportadores autônomos de cargas.

Publicidade - OTZAds

Contudo, o auxílio caminhoneiro será de R$ 1 mil por mês, que serão pagos do mês de agosto até o mês de dezembro.

Sendo que no mês de agosto o valor será maior, referente ao mês de julho e agosto, dessa forma, os caminhoneiros receberão R$ 2 mil em agosto.

A data para que os caminhoneiros recebam o valor do auxílio, é a partir do dia 9 de agosto. Ou seja, os profissionais já podem receber o valor.

Baixar aplicativo auxílio Brasil

NOVIDADES

Quem tem direito ao auxílio caminhoneiro?

Existem algumas dúvidas sobre esse assunto, contudo, vamos tentar entender quem tem direito de receber o auxílio.

Em primeiro lugar, os profissionais habilitados na categoria, cadastrados no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas.

O cadastro deve ter sido realizado até o dia 22 de julho de 2022, ou seja, não será possível fazer o cadastro após essa data.

Existem alguns fatores que podem atrapalhar o profissional no momento de receber o auxílio caminhoneiro.

Publicidade - OTZAds

O seu Cadastro de Pessoa Física (CPF) deve estar em ordem, bem como, sua carteira de habilitação deve estar em dia também.

O registro não é opcional, todo profissional é obrigado a se registrar, vinculado à Agência Nacional de transportes Terrestres (ANTT).

Caso o profissional queira consultar seu registro e se certificar de que está tudo em ordem.

Isso pode ser feito através no site que trata do Registro Nacional dos Transportadores Rodoviários de Cargas.

Publicidade - OTZAds

Conheça o calendário do Auxílio Caminhoneiro

Marque em sua agenda o calendário dos pagamentos do auxílio aos caminhoneiros. A primeira e segunda parcelas estão disponíveis desde o dia 9 de agosto.

Já as parcelas seguintes estarão disponíveis nas datas a seguir.

  • Dia 24 de setembro, tendo os dados informados ao RNTRC até o dia 11/09/22
  • Dia 22 de outubro, tendo os dados informados ao RNTRC até o dia 09/10/22
  • Dia 26 de novembro, tendo os dados informados ao RNTRC até o dia 13/11/22
  • Dia 17 de dezembro, tendo os dados informados ao RNTRC até o dia 04/12/22

Outra informação importante é que, mesmo tendo 2 caminhões, o profissional terá direito a apenas um auxílio caminhoneiro.

Por fim, o saque do auxílio deve ser feito através do aplicativo Caixa Tem, da Caixa Econômica Federal.

Veja outros conteúdos importantes no site Taxa Brasil, conheça mais sobre benefícios e como recebê-los.