Publicidade

O governo federal voltou a pagar o Auxílio emergencial em janeiro de 2022, descubra se você tem direito e como consultar.

Desde o início da pandemia do covid-19 o governo federal começou a pagar o auxílio para várias famílias atingidas pelo desemprego.

Contudo, com o avanço da vacinação e o vírus sob controle em outubro de 2021 foi pago a última parcela do benefício.

Publicidade

Embora tenha surgido o Auxílio Brasil no lugar do Bolsa Família e também do Auxílio emergencial, muitas pessoas pediram para que ele voltasse ser pago.

Isso porque somente quem já recebia o Bolsa Família que ficou apto para receber o Auxílio Brasil, ou seja, milhares de famílias estão sem receber.

Mas em janeiro deste ano de 2022, tiveram novos pagamentos do beneficio para algumas pessoas, entenda quem continua recebendo e como consultar.

Como Funciona o Auxilio Emergencial

Como dissemos, o Auxílio emergencial veio para ajudar os trabalhadores informais que ficaram sem ter renda por causa da pandemia.

Assim como os microempreendedores, autônomos e também para quem já estava desempregado em 2020, antes da pandemia começar.

Publicidade

Para isso, as famílias precisavam se enquadrar em alguns critérios como, a renda da família não ser maior de 3 salários mínimos.

E a renda per capita não poderia ser maior de meio salário, ou seja, não poderia ser maior de meio salário por pessoa.

Para o ano de 2021, não teve novas inscrições, apenas quem já recebia pode continuar a receber, desde que ainda atendesse os critérios.

Mas para as famílias que recebiam o Bolsa Família, valia a regra do valor maior, o benefício com maior valor era recebido.

Além de também precisar cumprir todas os critérios para receber o Auxílio emergencial.

Vai ter Auxílio emergencial em 2022

O governo encerrou o pagamento do programa Auxílio emergencial em outubro de 2021, porque a situação da pandemia estava controlada.

Embora no mês de novembro começou o pagamento do Auxílio Brasil, cerca de 22 milhões de pessoas ficaram sem ajuda do governo.

Publicidade

Isso porque, apenas as famílias que já recebiam o Bolsa Família que estão recebendo o Auxílio Brasil.

E mesmo que as pessoas estejam fazendo pressão para que voltem a pagar o auxílio, o governo federal já deixou claro não irá voltar.

Para eles, o Auxílio Brasil veio para substituir o benefício, e mesmo que ainda não atenda todos vai ampliar o alcance aos poucos.

Aplicativo Auxílio Brasil

NOVIDADES

Pagamento retroativo do Auxílio emergencial

Então, o pagamento feito pelo governo em janeiro e que vai continuar em fevereiro não é o Auxílio emergencial, mas um retroativo para algumas pessoas.

Este pagamento que começou em 13 de janeiro, será apenas para pais solteiros, chefes de família, sem a companheira e que tenha guarda dos filhos.

Publicidade

Além disso, esses pais não podem ter recebido a cota dupla do auxílio em 2020, que foi pago para as mães chef da família.

O congresso depois de analisar que as mães solteiras receberam valores dobrados e os pais não, decidiram pagar o valor para os pais também.

Sendo assim, o pagamento do Auxílio emergencial 2022, nada mais é que o retroativo para as pessoas nessas condições.

E se você é um pai solteiro e se encaixa nas condições que falamos acima, não precisa fazer um novo cadastro, o pagamento será automático.

Mas você pode consultar se tem direito Auxílio Emergencial, no site do Ministério da Cidadania.